9) O poema termina com a chegada de Severino a Recife na cena...

9) O poema termina com a chegada de Severino a Recife na cena 18, que é o desfecho. Nesse momento, ele encontra uma família de retirantes com o filho recém-nascido. Leia estas estrofes, em que fala Mestre Carpina, o pai da criança.O Carpina fala com o retirante que esteve
de fora, sem tomar parte em nada

João Cabral de Melo Neto

(...) -Severino retirante,
deixe agora que lhe diga: eu não sei bem a resposta
da pergunta que fazia,
se não vale mais saltar
fora da ponte e da vida;
nem conheço essa resposta,
se quer mesmo que lhe diga;
é difícil defender,
só com palavras, a vida,
ainda mais quando ela é
esta que vê, severina;
mas se responder não pude
à pergunta que fazia,
ela, a vida, a respondeu
com sua presença viva.
E não há melhor resposta
que o espetáculo da vida:
vê-la desfiar seu fio,
que também se chama vida,
ver a fábrica que ela mesma,
teimosamente, se fabrica,
vê-la brotar como há pouco
em nova vida explodida;
mesmo quando é assim pequena
a explosão, como a ocorrida;
mesmo quando é uma explosão
como a de há pouco, franzina;
mesmo quando é a explosão
de uma vida severina.
a) Decepcionado com a vida miserável que os retirantes levam, o personagem faz uma pergunta a Mestre Carpina. Pela fala do Mestre, é possível recuperá-la. Qual é ela?

b) Sintetize, em poucas palavras, a resposta de Mestre Carpina.

c) Pela fala de Mestre Carpina, pode-se entender nesses versos que, em Morte e vida severina, a vida, principalmente:

1 Resposta

Ivansouza

como assim?

Explicação:

Sua resposta
Ok

Mais perguntas de Português





















Toda Materia
Toda Materia
Toda Materia

Você tem alguma dúvida?

Faça sua pergunta e receba a resposta de outros estudantes.