Texto 1 O Pantanal é uma planície inundável peculiar e sensíve...

Texto 1 O Pantanal é uma planície inundável peculiar e sensível, com altitudes variando de 80 a 150 metros, inserida na parte central da bacia hidrográfica do Alto Paraguai. É uma depressão geográfica circundada pelos planaltos da bacia. As partes altas têm altitudes entre 200 e 1.000 metros.

Ao todo, a bacia transfronteiriça abrange uma área de 624.320 km2, sendo aproximadamente 62% no Brasil, 20% na Bolívia e 18% no Paraguai, com recursos hidrológicos importantes para o abastecimento das cidades, onde vivem aproximadamente três milhões de pessoas.

A ocupação do Pantanal por europeus e seus descendentes foi iniciada no século 18 com a introdução da pecuária na região. A atividade econômica tornou-se a mais significativa e se estende do planalto das bordas da bacia até a planície alagável. A pecuária faz parte da tradição pantaneira há mais de 200 anos e continua sendo a principal atividade econômica da região.

Com um rebanho estimado em 22 milhões de cabeças de gado, é responsável por cerca de 65% da atividade econômica nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Segundo estudos da Embrapa Pantanal, a pesca constitui a segunda maior atividade econômica do Pantanal, gerando recursos da ordem de 40 milhões de reais ao ano.

A pesca de subsistência é integrada à cultura regional e constitui importante fonte de proteína para as populações ribeirinhas. A pesca esportiva se tornou o principal atrativo do turismo regional, especialmente no Mato Grosso do Sul.

Quando se fala em Pantanal, a imagem que se tem é de um santuário preservado e intocado, repleto de água, com belas paisagens formadas por rios, lagoas e uma grande variedade de animais e plantas. Mas o Pantanal belo e diverso que conhecemos é também uma região sensível e vulnerável a ameaças tanto de dentro quanto de fora e pode desaparecer se não for preservado.

O Pantanal depende da manutenção do ciclo hidrológico, que permite o subir e baixar das águas e a inter-relação entre as espécies. Qualquer mudança nesse ciclo pode comprometer os ecossistemas e modificar toda essa paisagem.

A pecuária não sustentável, a monocultura da cana-de-açúcar e da soja e a contaminação de solos e dos recursos hídricos com insumos agrícolas são pontos de alerta. Qualquer impacto negativo nas nascentes e cabeceiras dos rios pode, por exemplo, alterar de forma drástica toda a planície inundável.

Da mesma forma, grandes projetos de infraestrutura previstos para serem realizados na região podem impactar negativamente se forem executados sem considerar as características naturais nativas.

Principais ameaças:

NA PLANÍCIE

Assoreamento
Queimadas
Desmatamento
Mudança de pastagens
Caça e pesca predatória
Polo minero-siderúrgico e gás químico
Efluentes líquidos urbanos e industriais
Resíduos sólidos urbanos e industriais
Projeto de hidrovia cortando o Pantanal
Grandes projetos de infraestrutura de interligação entre países vizinho

NO PLANALTO

Uso inadequado e excessivo de pesticidas
Desagregação e erosão dos solos
Uso inadequado e degradação de águas superficiais e do subsolo
Efluentes líquidos urbanos e industriais
Resíduos sólidos urbanos e industriais
Projetos de usinas de açúcar e álcool
Polo minero-siderúrgico e gás químico

(Fonte: . Acesso em jul. 2019. Adaptado.)

Projeto de solução

O WWF-Brasil adotou, entre 2008 e 2009, estratégias de atuação junto ao setor da pecuária com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de boas práticas de produção pecuária, que visa a promoção de impactos positivos ao meio ambiente. Com uma visão pioneira, o WWF-Brasil incorporou ações voltadas para o apoio e a difusão das boas práticas de produção, levando em consideração os resultados de estudos e desenvolvimento de tecnologias, a relação de custo e benefício, os impactos aos recursos naturais e a capacidade de replicação das técnicas agroecológicas para a pecuária.

Para tanto, foram pilotados dois projetos, em duas fazendas distintas, para análise de viabilidade. Leia aqui os resultados.

Agora que você leu e estudou o projeto, responda:

O projeto visa sanar qual problema?
Quais soluções são propostas no projeto?
As soluções apresentadas são viáveis? Explique.

O site da WWF Brasil apresenta dados importantes sobre o Pantanal, inclusive com relação às principais ameaças ambientais. Com base no que você estudou sobre viabilidade e estrutura de projetos, pesquise outros projetos de proteção ambiental, mesmo que executados em regiões diferentes do Brasil, e analise se esse(s) projeto(s) seria(m) viável(is) e aplicável(is) no Pantanal, para sanar um outro tipo de ameaça listada.

Faça um breve resumo do projeto, mencione onde ele foi aplicado e os resultados obtidos. Em seguida, faça uma projeção da aplicação desse projeto na região do Pantanal e justifique sua aplicação.

Faça uma breve análise de viabilidade.

Se preferir, produza seu trabalho de pesquisa em um documento avulso e envie para análise e devolutiva.

Bom trabalho!

0 Respostas

alvesdasilvamariaedu está aguardando sua ajuda.

Sua resposta
Ok

Mais perguntas de Geografia

Toda Materia
Toda Materia
Toda Materia

Você tem alguma dúvida?

Faça sua pergunta e receba a resposta de outros estudantes.